Esses Cães Atuaram No 11 De Setembro E São Tidos Como Verdadeiros Heróis nos EUA

BRETAGNE

Bretagne (pronuncia-se Brit-nee) tinha dois anos na época dos ataques. Ela e Denise Corliss, sua proprietária e controladora, trabalharam no Ground Zero por 10 dias enquanto sua missão ia do resgate à recuperação.

Corliss, uma bombeiro voluntária do Corpo de Bombeiros Cy-Fair, começou a treinar Bretagne para o trabalho de busca e resgate com apenas oito semanas de idade. A dupla logo se tornou uma equipe canina certificada pela FEMA que também trabalhou nas missões de resgate durante os furacões Katrina, Rita e Ivan.

Bretagne se aposentou do trabalho formal de busca aos 9 anos de idade, mas continuou a trabalhar como embaixadora para o corpo de bombeiros local e como cão assistente de leitura em uma escola primária local.

Bretagne permaneceu como o único cão vivo de busca e resgate de 11 de setembro até 6 de junho de 2016, quando foi enterrada com apenas 17 anos de idade.

Quando Bretagne foi levada pela última vez ao hospital veterinário ela foi aplaudida de pé por dezenas de bombeiros. Ela foi carregada mais tarde para o funeral, tendo seu corpo envolto em uma bandeira americana.

Clique abaixo para conhecer o próximo cão herói!