O Que Causa Diarreia Em Cães e Como Tratar

*Artigo escrito e revisado por um médico veterinário.

Cachorro deitado, simbolizando o cansaço causando pela diarreia em cachorros.
Créditos: Pixabay

Poucas coisas levam um animal ao veterinário tão rapidamente quanto um surto de diarreia. Para a maioria dos veterinários de pequenos animais, é algo que vemos diariamente. Às vezes, os casos de diarreia canina são fáceis com soluções rápidas. Infelizmente, nem sempre é esse o caso.

Os casos de diarreia crônica ou severa em cães podem ser frustrantes para os tutores e para o médico, porque são caros e difíceis de entender.

Este artigo analisará as causas, os diagnósticos e os tratamentos para a diarreia canina em termos mais simples.

O que você vai aprender nesse artigo:

O Que Causa Diarreia Canina?

Em uma definição muito ampla, a diarreia é causada pelo mau funcionamento do trato gastrointestinal. A lista de todas as causas da diarreia é extensa. Aqui estão alguns exemplos:

  • Vascular: infarto (um coágulo que bloqueia o fluxo sanguíneo para uma seção do intestino), choque, como por insolação, ou uma reação alérgica pode causar falta de fluxo sanguíneo para o trato gastrointestinal
  • Infeccioso: Viral (Parvo, cinomose, coronavírus (NÃO COVID-19)), parasitas anti-helmínticos (lombriga, ancilostomíase, whipworm), parasitas protozoários (giardia, coccidia), bacteriana (clostridium, leptospirose, salmonela, E.coli, bactéria do intestino delgado crescimento excessivo (SIBO))
  • Trauma: torção do trato gastrointestinal, uma ferida penetrante, ser atropelado por um carro, um corpo estranho, exposição a toxina cáustica (água sanitária, etc.), toxicidade de AINEs e ulceração
  • Autoimune: doença inflamatória intestinal (há muitos diagnósticos mais específicos nesta ampla categoria), linfangiectasia
  • Metabólica: doença renal (renal), hipertireoidismo, hipoadrenocorticismo ou doença de Addison, hepatite / hepatopatia, insuficiência pancreática exócrina (IPE)
  • Iatrogênico: indiscrição alimentar, estresse induzido, toxicidade do chocolate, superalimentação – especialmente em filhotes
  • Inflamatório: pancreatite, gastroenterite hemorrágica
  • Neoplasia: linfossarcoma, neoplasia focal (primária vs. metastática)

Que Tipo de Alimento Humano Pode Causar Diarreia?

Todos nós já fizemos isso – alimentamos nossos cães um pouco com o nosso prato ou cobrimos a tigela de ração com algo gostoso. Eu sei que a tentação é real, e aquela cara doce pedindo mais é tentadora, mas apenas diga não!

O sistema digestivo de nossos animais de estimação é muito diferente do nosso. Em geral, cães e gatos não estão bem equipados para digerir grandes volumes de gordura, ou mesmo qualquer quantidade que exceda o normal.

As guloseimas com alto teor de sal e açúcar podem causar diarreia por simples osmose – puxando água para o trato gastrointestinal à medida que é digerida. Se você for alimentar seu animal de estimação com “comida humana”, opte por frutas e vegetais seguros, como cenoura ou maçã (sem sementes).

Tipos de Diarreia Canina

Ao tentar reduzir nossa lista de causas, dividimos a diarreia canina em duas categorias principais: diarreia do intestino grosso e do intestino delgado.

Diarreia do Intestino Grosso Em Cães

A diarreia do intestino grosso, ou diarreia decorrente do intestino grosso ou cólon, é caracterizada por:

  • Frequência aumentada
  • Pequenos volumes de fezes
  • Esforço para defecar
  • Sangue vermelho nas fezes, bem como muco

Os donos de animais de estimação costumam ficar muito preocupados quando veem sangue nas fezes de seus cães. Embora este seja certamente um sinal de inflamação e uma boa hora para ir ao veterinário, uma pequena quantidade de sangue costuma ser normal ao lidar com uma diarreia do intestino grosso.

Aqui está o porquê. O trabalho do cólon é duplo:

  • Armazenamento de fezes até que esteja pronto para sair
  • Reabsorção de água para prevenir a desidratação

Como o cólon precisa puxar a água do cocô, os vasos sanguíneos ficam muito próximos à superfície e se rompem facilmente com esforço e inflamação. Da mesma forma, existem glândulas mucosas no cólon para ajudar a lubrificar as fezes e facilitar a passagem.

Quando há inflamação, eles produzem uma superprodução de sua camada mucosa. Quando o cólon não está funcionando direito, as fezes também podem ser muito aquosas.

Se houver um grande volume de sangue observado nas fezes (as fezes são puro sangue ou parecem geleia de framboesa), isso é mais preocupante e deve ser tratado com mais urgência.

Diarreia do Intestino Delgado Em Cães

Diarreia do intestino delgado ou diarreia decorrente do intestino delgado é caracterizada por:

  • Fezes grandes e pegajosas produzidas na frequência normal
  • As fezes costumam ser gordurosas e espumosas
  • As fezes raramente apresentam sangue ou muco vermelho
  • Normalmente não há esforço envolvido

A função do intestino delgado é a absorção de nutrientes. Quando há inflamação ou disfunção, pode haver falta de absorção e ocorrem fezes gordurosas.

Também podemos ver sinais de desnutrição em cães com diarreia do intestino delgado:

  • Perda de peso
  • Pelos fracos
  • Apetite voraz

Diarreia Aguda Em Cães

Alguns episódios de diarreia canina podem ser facilmente eliminados. Um início agudo de diarreia muitas vezes pode se resolver por conta própria com uma intervenção mínima de você.

Quando a diarreia de seu cão durar 48 horas ou mais, ou você ver sangue nas fezes, ou seu animal de estimação tiver sintomas adicionais (vômito ou inapetência), é hora de visitar o veterinário.

Diarreia Crônica Em Cães

A diarreia crônica é persistente apesar do tratamento inicial ou é de natureza recorrente.

As causas incluem (mas não estão limitadas a):

  • Parasitas
  • Doença inflamatória intestinal
  • Insuficiência pancreática exócrina
  • Hipertireoidismo ou outra condição metabólica
  • Câncer
  • Disbiose

A diarreia crônica em cães às vezes pode levar à perda de peso, a uma pelagem seca e feia e letargia.

Se seu animal de estimação é continuamente exposto a uma dieta à qual são sensíveis, isso também pode causar diarreia crônica intermitente.

Alguns alimentos para cães e gatos que são comercializados como mais saudáveis para seu animal de estimação também podem ser ricos em gordura e proteína. As dietas sem grãos removem o conteúdo de fibras saudáveis da comida de cachorro, o que pode ser muito agressivo em um sistema sensível.

É importante buscar o equilíbrio na dieta e ter certeza de que ela venha de uma empresa conceituada que está fazendo seu dever de casa quando se trata de suas formulações.

Diarreia Com Vômito Em Cães

Quando ocorre diarreia canina com vômito, uma nova seção do trato gastrointestinal entra em cena. Gastroenterite é o termo em grupo para a inflamação do estômago e do trato gastrointestinal superior.

Às vezes, uma guloseima com alto teor de gordura, mesmo que pequena, pode desencadear a pancreatite – uma condição em que o pâncreas, que produz enzimas digestivas, entre outras coisas, fica inflamado. Essa condição pode causar vômito agudo e diarreia, bem como dor abdominal. Em casos muito graves, a pancreatite pode até ser fatal.

O vômito que contém sangue pode parecer vermelho, marrom ou preto. Ao contrário de uma pequena quantidade de sangue nas fezes, qualquer quantidade de sangue no vômito é preocupante e deve resultar em uma visita ao veterinário imediatamente.

O Que a Cor Das Fezes do Seu Cão Significa?

A cor das fezes do seu animal de estimação é mais frequentemente afetada pelo que ele está comendo. Simplificando, alimentos de cor mais clara resultarão em cocô de cor mais clara. Existem alguns indicadores de cor que são importantes para observar ao falar com seu veterinário.

Diarreia Amarela

A diarreia amarela é mais comumente causada quando o cão começa a se alimentar com uma dieta leve, como frango e arroz.

O frango e o arroz são brancos e, quando se misturam com a bile amarela no trato gastrointestinal, saem como fezes amarelas.

Diarreia Sangrenta

A diarreia sanguinolenta ou hematoquezia é causada quando há diarreia do intestino grosso ou colite. Isso ocorre quando pequenos vasos sanguíneos na parte inferior do trato gastrointestinal se rompem e sangram um pouco nas fezes.

Uma pequena quantidade de sangue não é muito preocupante, mas se as fezes forem principalmente sangue, seu animal de estimação deve ser levado ao veterinário imediatamente.

Diarreia Preta

A diarreia negra ou melena é causada quando o sangue está sendo digerido antes de ser eliminado. Este tipo parece cocô de bebê recém-nascido e pode ter uma cor preta ou esverdeada.

Melena pode ser vista com doenças como úlceras hemorrágicas ou corpos estranhos.

Como Tratar Diarreia Canina Em Casa

Você nunca deve usar seus próprios medicamentos humanos em seus animais de estimação. Administre apenas os medicamentos prescritos pelo seu veterinário.

  • Antibióticos podem piorar a diarreia
  • Na minha experiência, Pepto Bismol resulta apenas em vômito rosa
  • Imodium atua paralisando o trato gastrointestinal. Isso pode ser um problema para animais de estimação que comem coisas que não deveriam (como toxinas ou objetos estranhos) ou têm parasitas que precisam ser removidos.

A melhor coisa que você pode fazer por seu cão em casa quando a diarreia começa é alimentá-lo com uma dieta leve.

Pense em proteínas simples (frango magro, carne bovina, mandioca moída, peixe branco ou ovos cozidos) e carboidratos simples (arroz branco ou integral, batata branca ou doce) combinados.

Dê refeições pequenas e frequentes que ajudem a curar o trato gastrointestinal, mas não o sobrecarreguem.

No caso de diarreia induzida por estresse, iniciar um suplemento de fibras alguns dias antes do evento estressante pode ajudar a prevenir o início da diarreia. A fibra psyllium pode ser comprada sem receita.

Você também pode optar por abóbora enlatada como fonte de fibra que pode ser adicionada à comida do seu cachorro.

Quando Devo Levar o Cachorro com Diarreia ao Veterinário?

Se você tentou dar uma dieta leve por 48 horas e a diarreia continua persistente, é hora de ir ao veterinário.

Outros sinais que justificariam uma consulta imediata seriam:

  • Vômito (especialmente se houver sangue presente)
  • Perda de peso
  • Diarreia severa com grandes quantidades de sangue
  • Diarreia após administração de vacinas ou medicamentos

Se você não tiver certeza, é melhor pecar por excesso de cautela e ligar para o consultório do seu veterinário.

Diagnóstico de Diarreia Em Cachorros e Tratamento

Quando você vai ao veterinário, eles podem recomendar um ou alguns testes para ajudá-lo a eliminar a extensa lista de diagnósticos possíveis:

  1. A examinação fecal por flutuação procura a presença de parasitas intestinais.
  2. Os testes de Giardia procuram a presença do parasita Giardia.
  3. As manchas de Gram procuram certos tipos de bactérias e/ou um crescimento excessivo de bactérias.
  4. Telas de teste Parvo para parvovírus.
  5. A química e o hemograma procuram por sinais de perda de proteínas, doenças metabólicas, inflamação, anemia e muito mais.
  6. Os testes de CPL procuram a presença de lipase pancreática, que pode estar elevada em animais de estimação com pancreatite.
  7. As imagens (radiografias ou ultrassom) procuram evidências de obstrução, câncer, doença da vesícula biliar, doença inflamatória do intestino e muito mais.

É importante levar as seguintes informações com você para a consulta veterinária:

  • Histórico completo da doença, incluindo quando ela começou
  • Sintomas que você notou
  • Cores de fezes
  • Se há ou não algo fora do comum que você possa pensar que pode ter causado a diarreia

Quando um proprietário muitas informações o diagnóstico fica mais fácil e barato, pois menos exames serão necessários.

Quais os Tratamentos Prescritos Para Diarreia Em Cachorros?

O tratamento que o seu veterinário prescreve dependerá do seu diagnóstico ou suspeita de diagnóstico.

Medicações Utilizadas Para Diarreia Em Cães

Metronidazol e Tilosina são dois antibióticos que possuem propriedades anti-inflamatórias conhecidas no trato gastrointestinal. Quando há suspeita de super crescimento bacteriano, antibióticos adicionais podem ser adicionados, como a amoxicilina.

Probióticos e fibras podem ser uma parte importante na resolução da diarreia. As bactérias boas no intestino consomem fibras e produzem ácidos graxos de cadeia curta que ajudam a curar o intestino.

No caso de diarreia causada por câncer, pode ser prescrito um quimioterápico.

Os antiácidos e protetores estomacais podem ajudar a resolver a irritação do estômago e do trato gastrointestinal superior, e medicamentos antináusea são frequentemente adicionados quando o vômito ou a inapetência é um problema.

Outras opções incluem vermifugação e / ou antiinflamatórios, como prednisona.

Mudança de Dieta Em Cães Com Diarreia

Outros componentes do tratamento podem incluir uma dieta leve, uma dieta de alto teor calórico ou uma dieta hipoalergênica.

Ao lidar com a diarreia, as respostas podem ser muito mais complexas do que parecem!

Em última análise, é importante sempre ligar para o seu veterinário quando estiver preocupado com a doença do seu animal de estimação. Lembre-se de que nossos animais de estimação não podem falar conosco para nos dizer o quão mal eles se sentem. Na dúvida, consulte sempre o seu veterinário.

Deixe Aqui O Seu Comentário