Família Leva Cachorro Para Ser Sacrificado, Mas Veterinário Não Aceita E Decide Cuidar Dele

Uma família decidiu deixar o seu cachorro no veterinário para ser sacrificado após ele ter quebrado vários ossos em um acidente. O caso era de fato muito grave, mas não justificava o processo de eutanásia. Sendo assim, o veterinário se negou a prosseguir com o procedimento. A família então decidiu abandonar o cachorro na clínica veterinária…

O veterinário poderia ter devolvido o pet para a família através da polícia, mas decidiu cuidar do cachorro por conta própria pois sabia que a família acabaria abandonado o coitado na rua.

O quadro do cachorro era grave

Lobinho, como foi nomeado pelo veterinário, estava em uma situação muito complicado, pois ele tinha sofrido múltiplas fraturas, o que requer um tempo de recuperação muito longo.

Sem pensar duas vezes, a clínica veterinária se uniu para fazer o melhor possível para o pequeno cachorro. O tratamento era de alto custo, então tiveram que fazer uma vaquinha para comprar o material necessário para as cirúrgias.

Como o cachorro está hoje

As cirurgias foram um sucesso e lobinho se recuperou. Depois de comer a melhor ração possível, ele ganhou muito peso e se recuperou completamente. A equipe veterinária recebeu vários pedidos de adoção, e depois de muito estudo, encontraram a família perfeita para o lobinho.