Gatinha Grávida Sem Expectativas De Vida Vence A Morte Para Ter Os Seus Filhotes

Uma gatinha resiliente se recuperou da quase morte para que seus gatinhos pudessem viver uma vida melhor. Confira a linda história de uma mãe muito lutadora!

No início deste ano, um gato laranja foi visto em Mansfield, Texas, precisando desesperadamente de resgate. Ela foi vista se arrastando para um lugar seguro, pois não conseguia mover as pernas.

Susan Edstrom, fundadora e presidente da Four Paws One Heart (em Trophy Club, Texas), viu o pedido de ajuda do felino e correu para salvá-la.

“O gato tem uma vontade muito forte de viver. Nós o levamos a vários veterinários diferentes e fizemos radiografias e avaliações. Foi determinado que um chumbinho estava alojado na sua coluna“, Susan disse.

“O consenso era deixar de lado (para evitar mais danos). Ela ainda sentia os pés quando eram tocados.”

Eles também descobriram outra coisa por meio dos raios-X – para surpresa de todos, a gata estava grávida. E isso com certeza foi o que motivo ela a querer sobreviver de toas as formas.

Eles colocaram o nome dela de Chelsea e, nas semanas seguintes em um orfanato, a futura mamãe gata provou ser de fato muito forte.

Chelsea continuou tentando mexer as suas patinhas. Todos os dias, sem falta, ela se arrastava para se exercitar enquanto seu cuidador adotivo ajudava a fortalecer suas pernas com massagem terapêutica.

“Compramos uma caixa de areia para gatos idosos e ela tentou usá-la. Eventualmente, vimos vídeos dela se levantando, cambaleando e caindo, mas ela foi persistente”, Susan compartilhou.

Então, um dia, Chelsea ficou de quatro e deu seus primeiros passos, e ela simplesmente continuou andando. Nos dias seguintes, ela descobriu sua caixa de areia e até aproveitou a amplitude de movimento suficiente para coçar a parte de trás das orelhas com as patas traseiras.

Em 31 de março, sozinha, Chelsea deu à luz cinco bebês saudáveis no conforto de seu ninho. Era como se ela estivesse se preparando para este momento para cuidar de seus queridos gatinhos.

Chelsea era uma mãe maravilhosa para sua ninhada, atendendo a todas as suas necessidades e observando-os enquanto se tornavam adolescentes indisciplinados. Quando seus gatinhos estavam prontos para adoção, todos, exceto um, encontraram rapidamente um lar para sempre.

Georgie e Chelsea eram os únicos que ainda estavam esperando a adoção. No final das contas, Chelsea precisava de seu filho o tempo todo.

Chelsea ainda é muito desconfiada com os humanos, enquanto o pequeno Geogie adora a atenção de todos que encontra. Sua energia e confiança passam para sua mãe. Ele encoraja Chelsea a ser mais confiante e a torna mais calma.

“Eles são companheiros em todos os tempos e eles costumam dormir juntos, enrolado com a pata sobre ela, como seu protetor”, disse Susan.

“Ele a ajudou a renovar suas energias, e ela se sente muito mais confortável com as pessoas quando ele está por perto. Achamos que adotado junto, ele a ajudará na transição para um novo lar.”

Para Chelsea, algumas das pequenas coisas que ela faz são grandes melhorias. Ela está começando a mexer as patas de trás e está brincando com mais energia.

Chelsea percorreu um longo caminho desde não ser capaz de andar, até andar, usar a caixa de areia, ter cinco bebês adoráveis e escalar a árvore dos gatos sozinha.

“Ela merece ter sempre uma cama macia e um humano para amá-la.”

“Tantas pessoas torceram por Chelsea desde que ela veio em seu resgate. Ela e Georgie realmente foram feitos um para o outro.