Gatinho encontrado em um campo de beisebol “abraça” o jovem e insiste em ficar com ele

Malia, de Nova York, estava no Co-Op City Field, no Bronx, para o jogo de beisebol de seu filho, quando ouviu a comoção de uma multidão. Uma ninhada de gatinhos foi encontrada amontoada no campo.

Os gatinhos estavam cobertos de sujeira e apenas pele e ossos. Não havia sinal da mãe gata, então Malia contatou Sunny, uma resgatadora de animais local, para obter ajuda. “Ela e seu marido correram com os pequeninos. Meu filho (CJ Sung) e eu os recebemos e demos banho e mamadeira À todos eles”, disse Sunny.

Os gatinhos tinham cerca de três semanas de idade e precisavam de cuidados 24 horas por dia. Em apenas um dia, eles começaram a se animar. Um deles rapidamente se destacou dos outros.

Sunny @iamchimera407

Uma das gatinhas adorou o filho mais novo de Sunny e queria ser abraçada ou acariciada por ele. Se alguém a afastasse dele, ela fazia um verdadeiro drama e ficava muito brava.

Ela realmente se apegou ao filho de Sunny. Mesmo sendo ela a pessoa que tratava deles com a mamadeira, ela preferia o seu filho.

Sunny @iamchimera407

A gatinha ficou imediatamente à vontade quando o garoto a colocou em seus braços. O plano inicial era cuidar da ninhada até que estivessem prontos para adoção, mas a pequena gatinha rapidamente se infiltrou no coração da família, especialmente no de CJ.

“No momento em que a viu, ele disse: ‘Gosto dela. Ela é minha gatinha'”, disse Sunny. “Ele se apaixonou por ela e me implorou para ficarmos com ela. Ele a chamou de Chimera.”