Comissários De Voo Quebram Protocolo Para Salvar A Vida Desse Cachorro Em Pleno Ar

Quando foi a última vez que você quebrou as regras porque não tinha escolha? Às vezes, é necessário quebrar as regras para fazer a coisa certa. Nesta história, alguns comissários de bordo foram forçados a quebrar o protocolo para salvar a vida de um cachorrinho. E obviamente eles ficaram felizes por terem feito isso!

Como Tudo Aconteceu No Avião

Michele e Steven Burt levaram seus três cães em seu vôo JetBlue que estava indo da Flórida para Massachusetts. Eles colocaram todos eles sob seus assentos e em algum momento, eles notaram que seu pequeno Bulldog Francês estava tendo dificuldade para respirar.

No meio do vôo, Michele percebeu que seu Bulldog Francês “Darcy” estava tentando empurrar seu rosto para fora da porta. Quando ela abriu a porta para verificar Darcy, Michele sabia que algo estava muito errado.

Ela disse: “Notei que sua língua estava azul e estou ciente de que é um sinal de oxigênio insuficiente (hipóxia), então puxei-a de debaixo do assento e coloquei-a no meu colo para que pudesse respirar melhor. Ela estava em pânico!”

A princípio, a comissária de bordo chamou a atenção de Michele ao ver que seu cachorro estava fora. Isso é estritamente contra as regras e, claro, Michele está ciente disso. No entanto, ela sabia que seu cachorro estava em grave perigo e poderia não sobreviver se ela colocasse Darcy de volta em sua transportadora.

Quando Michelle disse à aeromoça que Darcy estava passando mal, ela rapidamente chamou seus companheiros da tripulação e todos entraram em ação.

Os comissários de bordo Renaud Spencer e Diane Asher pegaram alguns sacos de gelo para ajudar Darcy a se acalmar. No entanto, isso não pareceu ajudar. Então, Renaud teve uma ideia diferente.

Michele compartilhou: “Renaud, que explicou que também tinha um Bulldog Francês (Penelope), trouxe um pequeno tanque de oxigênio com uma máscara acoplada e ofereceu dizendo: “Talvez isso ajude”.

E uma vez que a máscara estava sobre o rosto de Darcy, ela finalmente conseguiu respirar. Ela começou a se acalmar e alerta novamente.

Michele disse: “Eu acredito firmemente que eles salvaram a vida de Darcy!”

As regras da companhia aérea

O que os comissários de bordo fizeram foi estritamente contra as regras e eles sabiam que haviam violado o protocolo. Mas de acordo com a JetBlue, eles não poderiam estar mais orgulhosos. Em seu comunicado divulgado, a JetBlue os elogiou por suas ações, afirmando: “Nossa missão é inspirar a humanidade, e estamos muito orgulhosos desses membros da tripulação que sempre demonstraram paixão por um excelente atendimento ao cliente.”

Os cães fazem parte das nossas famílias e não queremos que eles sofram. A maioria de nós fica muito preocupado (a) quando eles estão sozinhos. É muito importante certificar-se sempre de que os pets estão bem durante um voo.

Com certeza este foi um incidente isolado. Mas, felizmente, os comissários de bordo foram rápidos em ajudar, mesmo sabendo que poderiam estar colocando seus empregos em risco.

Aplaudimos esses comissários de bordo por irem além das suas obrigações para salvar a vida de Darcy!