Mulher Pensou Que Estava Cuidando De Um Gato Até Que Colocou Os Óculos E Percebeu Que Não Era Um Gato

Claudia Hankin estava curtindo uma noite com um bom livro em sua varanda quando um “gato fofo” se aproximou e chamou sua atenção. Claudia não estava muito preocupada, pois muitos gatos vadios costumam andar em sua vizinhança.

Sua reação imediata foi chamar o gato e dar-lhe um pouco de amor e atenção. Mas, Claudia não usava seus óculos para ler, então a gata parecia um pouco embaçada.

Claudia colocou os óculos para poder dar uma boa olhada em seu novo amigo e ficou chocada ao descobrir que a criatura com a qual estava tentando fazer amizade não era um gato. “Levei cerca de 15 segundos para perceber que não era um gato, depois que coloquei meus óculos”, disse ela.

“Eu ri e disse: ‘Você não é um gatinho.'” O visitante de Claudia não era um gato, mas um gambá curioso que decidiu sair para caçar alguns lanches noturnos.

Claudia rapidamente pegou seu telefone para tirar algumas fotos de seu convidado da madrugada. Mas assim que o flash disparou, o gambá saiu disparado noite adentro.

Então, como Claudia se sentiu sobre seu visitante surpresa? “Na verdade, eu não estava nem um pouco assustada, já que gambás são vizinhos inofensivos e muito gentis e prestativos”, disse ela.

“Mas eu teria ficado muito surpresa se percebesse que era um animal selvagem ENQUANTO eu o acariciava.” Bem, felizmente, isso não aconteceu!

Claudia diz que não vai se importar se o gambá voltar para visitá-la novamente.
Parece que pode ser o início de uma bela amizade, afinal!

É possível ter um gambá como pet?

Mesmo se você encontrar uma gambá abandonada e / ou ferida, os órgãos de fiscalização não permitem que isso ocorra.

Durante os períodos de faculdade nós atendemos diversos gambás, a maioria vítima das queimadas. Ficávamos na posse deles por meses. No entanto, era expedida uma autorização temporária por parte do IBAMA.

Não sou veterinário. Posso ter um gambá?

Depende. Se você conseguir se credenciar como criador legalizado pode ser possível receber alguns gambás que estão feridos. Ainda sim, não serão pets.

O que fazer se você encontrar um gambá

Se você encontrar uma gambá na natureza, é recomendável que você não tente manuseá-la sozinho. Gambás podem carregar patógenos que podem causar doenças humanas, como leptospirose, tuberculose, febre recorrente, tularemia, febre maculosa, toxoplasmose, coccidiose, tricomoníase e doença de Chagas.

Eles também podem ser portadores de vários parasitas como pulgas, carrapatos, ácaros e piolhos que podem afetar a saúde pública e / ou veterinária. Lidar com um gambá pode significar colocar você, sua família ou seus animais de estimação em risco.